Dra Tereza - Pediatra Homeopata

Pediatra

Homeopata

Atendimento médico que busca compreender o paciente como um conjunto único, e que aborda as influências físicas, emocionais, mentais, sociais e ambientais que afetam a saúde.

Visamos restaurar e manter a saúde e o bem-estar, com tratamentos que combinam o natural e o tradicional, abordando não apenas o efeito mas principalmente a causa.

Dra Tereza - Pediatra Homeopata

Como a pediatria e a homeopatia caminham juntas?

Juntas, a pediatria e a homeopatia permitem um entendimento amplo sobre a saúde e características particulares do paciente, permitindo oferecer atendimento e tratamento médico individualizado.

Dra Tereza - Como a pediatria e a homeopatia caminham juntas?

PEDIATRIA

Especialidade médica que atende a criança, desde o seu nascimento até o início da sua vida adulta, com ações preventivas e curativas. O papel do pediatra é perceber, acolher e orientar a família, contribuindo para que a criança cresça saudável  e desenvolva toda a sua potencialidade física, mental e espiritual.

HOMEOPATIA

Prática secular, reconhecida desde 1980 pelo Conselho Federal de Medicina, que age equilibrando o organismo como um todo. Na consulta homeopática são abordados assuntos que vão além dos temas comuns, fazendo parte do trabalho do médico homeopata entender os sintomas próprios e individuais do paciente.

VOCÊ SABIA?

  • Nutrição: formas de nutrir nosso corpo que vão além dos alimentos que comemos.

    Oxigênio: Encher o nosso corpo de oxigênio respirando corretamente, e manter o hábito de fazer de 10 a 15 respirações profundas algumas vezes ao dia, ajuda a manter a oxigenação dos tecidos e células, prevenindo doenças. Sol: é um importante elemento de nutrição, uma vez que a exposição solar é responsável por 90% da vitamina D que produzimos. Água: Nosso corpo é composto por 70% de água e nós precisamos, diariamente, de 30ml desse líquido por cada quilo de peso corporal. Alimentos: esses são um capítulo a parte, mas vale dizer que a cura de muitas doenças se deve a mudanças de hábitos, que muitas vezes está relacionada à alimentação.

    Dra Tereza - Pediatra e Homeopata
  • Preciso de um pediatra durante a gestação?

    A gestação é acompanhada pelo médico ginecologista-obstetra. É ele que faz o pré-natal do bebê, acompanha o seu desenvolvimento, o bem-estar da mãe, além de fazer o parto. Mas, contar com o apoio do pediatra já no período da gestação pode não só trazer maior tranquilidade para as mães, propiciando que ela já tenha mais informação sobre os próximos passos da vida do filho, como também permite um maior entendimento da saúde do bebê pelo médico que efetivamente passará a acompanha-lo a partir de seu nascimento.

    Dra Tereza - Pediatra e Homeopata
  • Saúde: muito mais do que um conceito físico.

    A saúde de um corpo vai muito além de comida, músculo, vitamina, medicação, bactérias. Ela está diretamente ligada aos aspectos emocionais. O equilíbrio emocional e equilíbrio físico devem andar lado a lado, e muitos estudiosos já comprovaram o que a Homeopatia e a Medicina Oriental já sabiam: a maioria das doenças tem raiz emocional e energética. Por isso, se dedicar ao bem-estar emocional é tão importante para vivermos com boa saúde.

    Dra Tereza - Pediatra e Homeopata
  • Praticar atividade física durante a infância ajuda na manutenção desse hábito quando adulto.

    Para as crianças, a prática da atividade física não se refere a um esporte especificamente, mas sim a momentos que as colocam em movimento: brincadeiras de quintal, caminhadas e corridas, jogos de bola, brincadeiras na piscina, pular corda, dançar, passeios em parques, etc. Quando a atividade física se torna um hábito desde criança há maior chance de ser mantida na fase adulta.

    Dra Tereza - Pediatra e Homeopata
  • Como manter a saúde bucal das crianças?

    Quando nascem os primeiros dentes? A erupção dentária dá febre? E diarreia? Quando iniciar a higienização dos dentes? Pode usar creme dental? Quando deverá ser feita a primeira visita ao dentista? Existe dentista para criança? São muitas as dúvidas relacionadas à saúde bucal das crianças, o que é natural. A consulta com o pediatra ajuda na solução de todos esses questionamentos e prepara os pais para lidar com a saúde bucal dos pequenos.

    Dra Tereza - Pediatra e Homeopata

AGENDE UMA CONSULTA

EM CADA MOMENTO UM CUIDADO ESPECIAL

BEBÊ

O primeiro ano de vida é muito importante, pois é uma fase de grandes e rápidas transformações, que devem ser assistidas de perto. Por isso, a puericultura, acompanhamento médico mensal do bebê, exerce papel fundamental nesse período. Nessas consultas cuidamos do crescimento físico e neuro-psico-motor, tão acelerado nessa idade, avaliamos a alimentação, que é o suporte para todo o desenvolvimento, orientamos as vacinas e os hábitos de higiene, que ajudam na prevenção de doenças, os abordamos os hábitos em relação ao sono, que proporcionarão noites tranquilas para todos, e tudo o mais que for necessário. Ou seja, usaremos de todas as formas para conhecer e lidar com esse novo ser, tão querido, e tão aguardado por toda a família!

CRIANÇA

Essa é uma fase de muito aprendizado, e de muito trabalho também! É quando as crianças adquirem a linguagem e começam a falar, quando deixam as fraldas, a chupeta, o “paninho”. Quando já andam e sobem em todos os lugares, e por isso é preciso que os pais estejam atentos para que acidentes não aconteçam. É quando começam a expressar a sua própria personalidade e gostam de testar os limites: os seus próprios e dos pais. Assim como na fase anterior, a alimentação continua fazendo parte da rotina das consultas, já que uma das queixas mais comuns nessa idade é sobre ela. É quando surge a famosa frase “meu filho não come”. E muitos são os fatores que colaboram para a diminuição do apetite, mas não significam, necessariamente, alguma doença. Na maioria das vezes a solução está na disciplina e no desenvolvimento de bons hábitos. É por tudo isso que o acompanhamento pediátrico nessa etapa continua sendo tão importante.

PRÉ-ESCOLAR

É muito comum, após os dois anos de idade, as crianças visitarem o pediatra apenas quando têm febre ou algum outro problema. Porém, ainda é necessário manter consultas periódicas para avaliação de seu desenvolvimento e crescimento físico e emocional, do cultivo de bons hábitos, fazer a checagem das vacinas, além da prevenção e eventual detecção precoce de alguma doença. Orientamos consulta de rotina a cada 6 meses, se tudo estiver correndo bem.

ESCOLAR

As consultas nessa faixa etária, deverão ser anuais, caso não haja nenhuma intercorrência. Nelas, serão verificados e reforçados os bons hábitos que envolvem alimentação saudável, atividade física, sono reparador, vivências familiares, sociais e culturais.

ADOLESCENTE

Essa é uma fase de muitos questionamentos! Na adolescência, os filhos começam a vislumbrar a possibilidade de serem independentes e querem muito isso. Porém, ainda deverão ser preparados para esse passo, e os pais, assim como o acompanhamento médico nesse período, devem ser presentes, envolvidos e atuantes, no sentido de orientá-los nesse caminho, de forma responsável e saudável.

EM CADA MOMENTO UM CUIDADO ESPECIAL

Dra Tereza Barbosa - Fases e Idades - Bebê 0 a 12 meses

BEBÊ

0 a 12 meses

O primeiro ano de vida é muito importante, pois é uma fase de grandes e rápidas transformações, que devem ser assistidas de perto. Por isso, a puericultura, acompanhamento médico mensal do bebê, exerce papel fundamental nesse período. Nessas consultas cuidamos do crescimento físico e neuro-psico-motor, tão acelerado nessa idade, avaliamos a alimentação, que é o suporte para todo o desenvolvimento, orientamos as vacinas e os hábitos de higiene, que ajudam na prevenção de doenças, abordamos os hábitos em relação ao sono, que proporcionarão noites tranquilas para todos, e tudo o mais que for necessário. Ou seja, usaremos de todas as formas para conhecer e lidar com esse novo ser, tão querido aguardado por toda a família!

Dra Tereza Barbosa - Fases e Idades - Criança 1 a 3 anos

CRIANÇA

1 a 3 anos

Essa é uma fase de muito aprendizado, e de muito trabalho também! É quando as crianças adquirem a linguagem e começam a falar, quando deixam as fraldas, a chupeta, o “paninho”. Quando já andam e sobem em todos os lugares, e por isso é preciso que os pais estejam atentos para que acidentes não aconteçam. É quando começam a expressar a sua própria personalidade e gostam de testar os limites: os seus próprios e dos pais. Assim como na fase anterior, a alimentação continua fazendo parte da rotina das consultas, já que uma das queixas mais comuns nessa idade é sobre ela. É quando surge a famosa frase “meu filho não come”. E muitos são os fatores que colaboram para a diminuição do apetite, mas não significam, necessariamente, alguma doença. Na maioria das vezes a solução está na disciplina e no desenvolvimento de bons hábitos. É por tudo isso que o acompanhamento pediátrico nessa etapa continua sendo tão importante.

Dra Tereza Barbosa - Fases e Idades - Pré Escolar 3 a 6 anos

PRÉ-ESCOLAR

3 a 6 anos

É muito comum, após os dois anos de idade, as crianças visitarem o pediatra apenas quando têm febre ou algum outro problema. Porém, ainda é necessário manter consultas periódicas para avaliação de seu desenvolvimento e crescimento físico e emocional, do cultivo de bons hábitos, fazer a checagem das vacinas, além da prevenção e eventual detecção precoce de alguma doença. Orientamos consulta de rotina a cada 6 meses, se tudo estiver correndo bem.

Dra Tereza Barbosa - Fases e Idades - Escolar 6 a 12 anos

ESCOLAR

6 a 12 anos

As consultas nessa faixa etária, deverão ser anuais, caso não haja nenhuma intercorrência. Nelas, serão verificados e reforçados os bons hábitos que envolvem alimentação saudável, atividade física, sono reparador, vivências familiares, sociais e culturais.

Dra Tereza Barbosa - Fases e Idades - Adolescente 12 a 18 anos

ADOLESCENTE

12 a 18 anos

Essa é uma fase de muitos questionamentos! Na adolescência, os filhos começam a vislumbrar a possibilidade de serem independentes e querem muito isso. Porém, ainda deverão ser preparados para esse passo, e os pais, assim como o acompanhamento médico nesse período, devem ser presentes, envolvidos e atuantes, no sentido de orientá-los nesse caminho, de forma responsável e saudável.

Dra Tereza Barbosa

CRM (SP): 74.506

Concluí a formação médica no ano de 1992 pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP, onde também completei a Residência Médica em Pediatria no ano de 1994.

Em 1995 fui mãe e a vivência materna me trouxe muitos elementos de compreensão desse processo.

A partir de 1998 iniciei minha formação em Homeopatia pela ABRAH – Associação Brasileira de Reciclagem e Assistência em Homeopatia.

Também busquei conhecimento em Acupuntura Médica e em 2012 conquistei o Título de Especialista em Acupuntura.

Já atuei em serviço de Emergência em Pronto Atendimento e em Saúde Escolar em creche de uma grande empresa.

Com essa formação, consegui juntar elementos que me ajudam a entender o indivíduo como um todo, integrante de um meio com elementos sociais, familiares, físicos, emocionais, mentais e energéticos.

Dra Tereza - Pediatra Homeopata

AGENDE UMA CONSULTA

CONHEÇA NOSSO ESPAÇO

PERGUNTAS FREQUENTES

ATENDE ALGUM CONVÊNIO ?

Optamos por não atender convênios a fim de preservar a qualidade do atendimento.
Facilitamos o pagamento e fornecemos recibo para reembolso no seu plano de saúde.

QUAL O VALOR DA CONSULTA ?

O valor da consulta é R$ 450,00 e pode ser parcelado em 2x no cartão de crédito.

CONSULTA OU RETORNO ?

Consideramos retorno até 15 dias da última consulta.

QUANDO DEVO IR AO PEDIATRA ?

Meu filho não está doente. Devo ir ao pediatra mesmo quando ele está bem?
Geralmente lembramos do médico apenas quando estamos doentes!
Mas a consulta periódica é muito importante em todas as idades, especialmente na infância e adolescência.

HÁ ATENDIMENTO PARA GESTANTES ?

Sim! A Sociedade Brasileira de Pediatria recomenda uma consulta com o pediatra a partir da 32ª semana de gestação. Nessa consulta, a mãe e o pai tem a oportunidade de conhecer o profissional que acompanhará seu bebê, o espaço de consulta, a forma de trabalho que será desenvolvido durante todo o período de Puericultura. Também é uma oportunidade de fazemos orientações sobre Aleitamento Materno e sobre os cuidados com a saúde do bebê que está à caminho.

NOS CASOS DE EMERGÊNCIA, CONSIGO SER ATENDIDO NO CONSULTÓRIO ?

Consultas de emergência, de baixa complexidade, podem ser feitas no consultório. Além de evitamos os transtornos de um Pronto Socorro, a abordagem do caso no consultório é feita pelo médico que já conhece as características da criança e poderá acompanhar a sua recuperação. Já os casos mais graves devem ser levados ao Pronto Socorro. Está na dúvida para onde levar? Ligue e conversamos!

E SE EU NÃO PUDER COMPARECER NA CONSULTA MARCADA ?

Na impossibilidade de comparecer à consulta agendada, avise-nos o quanto antes para que o horário possa ser disponibilizado para outro paciente.

E SE EU ME ATRASAR PARA A CONSULTA?

Imprevistos podem acontecer, porém, causam transtorno no atendimento, atrasando a consulta de outros pacientes. Caso aconteça, avise para buscarmos a melhor solução!

COMO POSSO ME COMUNICAR NO CASO DE SITUAÇÕES URGENTES ?

Em situações de urgência, você pode ligar ou enviar uma mensagem por WhatsApp. Caso o contato não seja possível, procure o Pronto Atendimento mais próximo.